Economila – Dia 26 de novembro tem Black Friday. Vamos falar de atividade econômica?

Por: Camila Abdelmalack

As atividades de varejo arrefeceram em meio à alta da inflação, à queda da confiança do consumidor e à mudança dos gastos das famílias, de bens para serviços. Na bolsa, os papéis das varejistas estão sentindo o impacto desde meados do 1° semestre. 

Às vésperas da Black Friday, os investidores monitoram a possibilidade de recuperação das vendas no varejo no quarto trimestre, após os números negativos observados no terceiro trimestre. No entanto, no ranking de interesses dos brasileiros estão produtos de menor valor agregado em comparação com 2020.

A atividade econômica traduzida pelo Produto Interno Bruto (PIB) é a soma de todos os bens e serviços finais produzidos por um país, cujo índice é divulgado trimestralmente pelo IBGE. Mensalmente, são revelados indicadores setoriais, como as vendas no varejo.

No terceiro trimestre, a retração das vendas no varejo foi praticamente generalizada entre as categorias. Além do enfraquecimento dos fundamentos econômicos, chamamos a atenção para o impacto da escassez de insumos nas vendas de veículos e eletroeletrônicos.

Após os números negativos, há expectativa de que as vendas no varejo cresçam modestamente no quarto trimestre. Em contraposição ao aperto das condições financeiras, analistas apontam que as compras relacionadas às festas de fim de ano podem sustentar a melhora.

O Valor Econômico divulgou uma matéria com dados do Google, ebit|Nielsen e GfK. O levantamento mostrou que chocolates, cosméticos e itens de decoração subiram posições entre os produtos preferidos pelos brasileiros, enquanto a geladeira, por exemplo, deixou o ranking.

Acompanhe as notícias e os eventos que podem impactar os seus investimentos. Você, que investe em renda variável, preste atenção!

There are no comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart