O quanto a mulher está em movimento, e buscando seus objetivos, influencia sua relação com o dinheiro.

Segundo o Plano Diretor da Estratégia Nacional de Educação Financeira (2012), habilitar os cidadãos a tomarem decisões mais conscientes, com boas informações, pode resultar em uma mudança na composição atual dos produtos e serviços financeiros, com a adoção de novos instrumentos e extinção de outros. Sendo assim, esta política pública é guiada para atingir os seguintes objetivos: promover e fomentar a cultura de educação financeira do país; ampliar a compreensão do cidadão para efetuar escolhas conscientes relativas à administração de seus recursos; e contribuir para eficiência e solidez dos mercados financeiros, de capitais, de seguros, de previdência e de capitalização.

Você conhece o protótipo que foi aplicado, em 2015, com 1.630 mulheres beneficiárias do Programa Bolsa Família?

Um dos segmentos de baixa renda mais vulneráveis do Brasil são as mulheres beneficiárias do Programa Bolsa Família (PBF), especialmente pela ausência consciente do processo de tomada de decisões financeiras, o que leva a um planejamento orçamentário deficiente, baixos níveis de poupança e superendividamento. Os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável – ODS, da ONU, buscam um alinhamento multissetorial para acabar com a pobreza, alcançar igualdade de gênero, assegurar padrões de produção e consumo sustentáveis, dentre outros.

O Objetivo Geral do projeto piloto é desenvolver competências e habilidades para que as mulheres possam gerenciar, com eficiência, o orçamento familiar, e realizar objetivos, promovendo autonomia financeira por meio da mudança no comportamento e atitude, envolvendo a tomada de decisão individual e impactando o entorno familiar.

O conjunto das 20 tecnologias sociais envolvia:

1) guia do instrutor (guia com explicação geral sobre o funcionamento do programa e como aplicar as oficinas de educação financeira às beneficiárias. Este guia somente é entregue aos instrutores);

2) guia dos cofrinhos (guia que explica sobre a oficina que aborda os cofrinhos e a trilha do dinheiro e como aplicá-la. Este guia somente é entregue aos instrutores);

3) trilha do dinheiro (explica de forma lúdica a trajetória do dinheiro e como identificar formas simples e reais de criar reservas a partir do troco. Este material é entregue às beneficiárias e aos instrutores);

4) envelope especial tipo G – tipo saco 24x34cm (utilizado para colocar os cofrinhos dentro. Este material é entregue às beneficiárias e aos instrutores);

5) cofrinho objetivos da família (cofrinho tamanho grande que serve para a família inteira economizar tendo em vista a realização dos objetivos da família. Este material é entregue às beneficiárias e aos instrutores);

6) cofrinho ajuda da família (cofrinho tamanho pequeno que serve para guardar o dinheiro que poderá ser usado para completar o pagamento das contas do mês. Este material é entregue às beneficiárias e aos instrutores);

7) cofrinho emergências (cofrinho tamanho médio que serve para guardar o dinheiro que poderá ser usado em emergências e em caso de imprevistos. Este material é entregue às beneficiárias e aos instrutores);

8) guia da agenda (guia que explica como aplicar a oficina que trata da agenda da família. Este guia somente é entregue aos instrutores);

9) calculadora (este material somente é entregue aos instrutores);

10) lápis com borracha (este material é entregue às beneficiárias e aos instrutores);

11) guia da carteira (guia que explica como aplicar a oficina que trata da carteira da família e sobre o cartaz da dona Joana. Este guia somente é entregue aos instrutores);

12) cartaz dona Joana (5 cartazes) (cartazes que contam a história da dona Joana e seu dinheiro tratando de dívidas e tipos de empréstimos, tipos de pagamentos, cartão de crédito e comprometimento da renda. Este material somente é entregue aos instrutores);

13) agenda 24×12,5cm (utilizada para o preenchimento dos gastos mensais, cálculos de entrada, saída e saldo para visualizar a fotografia financeira e definição de metas para redução de gastos, aumento de renda, controle do dinheiro ou criação de reservas. Este material é entregue às beneficiárias e aos instrutores);

14) carteira (para guardar as cadernetas. Este material é entregue às beneficiárias e aos instrutores);

15) caderneta “de onde meu dinheiro vem” (para anotações diárias para os valores recebidos. Este material é entregue às beneficiárias e aos instrutores);

16) caderneta “para onde meu dinheiro vai” (para anotações diárias para os valores gastos. Este material é entregue às beneficiárias e aos instrutores).

A educação financeira trabalha com a ciência comportamental, por acreditar que a mudança de hábitos auxilia na melhor tomada de decisão.

Durante o 1º Ciclo, houve o aprofundamento sobre as beneficiárias do PBF. Ou seja, imersão no contexto das mulheres beneficiárias e das pesquisas e documentos do Programa Bolsa Família, para entender o funcionamento do programa e padrões de comportamento financeiro das beneficiárias. Foram quatro meses de pesquisa de campo, resultando em quatro diferentes “personas” que inspiraram a produção das tecnologias sociais, a saber:

– A sonhadora (possui baixa responsabilidade sobre o uso do dinheiro devido ao impulso pelo consumo, sendo o desafio encontrado o de encorajá-la a fazer escolhas financeiras mais maduras e conscientes e dar instrumentos para isso);

– A visionária (gera patrimônio e renda, mas também riscos e investimentos, sendo o desafio encontrado o de apoiá-la na ampliação e proteção de seu patrimônio e o de estimular o seu papel multiplicador);

– A sobrevivente (possui otimização de recursos limitados, sendo o desafio encontrado o de potencializar o talento de gestão de recursos escassos para seu empoderamento) e

– A guerreira (possui foco nas escolhas a curto prazo, sendo o desafio encontrado o de desenvolver uma visão de riscos e orientação para que ela se planeje a médio e longo prazos).

Conclusão do trabalho

Pelo fato de essas mulheres apresentarem questões imediatas a serem resolvidas e baixa escolaridade, é importante abordar a educação financeira de forma lúdica, com situações concretas. Para que o conhecimento se traduza em ação é preciso oferecer instrumentos intuitivos, de uso simples, que possam ser facilmente aplicados no dia a dia.

Quanto maior o envolvimento das famílias nos objetivos financeiros, mais fácil se torna o controle de recursos e gastos.

Um dos principais pontos para a gestão do orçamento familiar é incentivar as mulheres do Programa Bolsa Família a criarem reservas. Isso evitaria que recorressem a formas mais caras para obter dinheiro. Ademais, uma reserva ajuda a mulher a tirar de foco apenas o curto prazo e se concentrar em planejar mais.

Após três meses de instrução em oficinas de educação financeira, percebemos grandes conquistas advindas com a aquisição dos conhecimentos sobre educação financeira e o gerenciamento da renda, como, por exemplo:

– Aumento em 68% do número de beneficiárias que conseguiram poupar. Significando que o conteúdo ministrado às beneficiárias causou mudança importante nos pensamentos e hábitos em que elas estavam inseridas.

– Com relação a valores monetários, é perceptível que, após a intervenção, as beneficiárias que antes poupavam, em média, R$ 47,00 conseguiram economizar R$ 116,30. Ou seja, agora as mulheres conseguem economizar 71% a mais do que antes.

As mulheres que conseguem reconhecer e verbalizar seus sonhos têm maior motivação para gestão e planejamento de seus recursos, em relação àquelas que acreditam que a vida “não tem futuro”. O quanto a mulher está em movimento, e buscando seus objetivos, influencia sua relação com o dinheiro. Quanto mais inerte, mais dificuldade de se empoderar para tomar decisões financeiras conscientes e responsáveis, pois falta de instrução e informação geram dificuldades para organizar um plano de vida.

Estimulando mais as mulheres a serem protagonistas de suas vidas financeiras, teremos uma sociedade melhor!

Share this post

There are no comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart