O QUE É HOME EQUITY?

Por: Ana K.

O Home Equity é uma modalidade de empréstimo em que um imóvel já quitado é utilizado como garantia. É feita uma alienação fiduciária, ou seja, o banco torna-se dono do imóvel durante o período em que a dívida existir; é feita a transferência da propriedade para a instituição.

Home Equity é um termo inglês para empréstimo com imóvel em garantia. Muito comum nos EUA ou Europa, somente agora o termo vem ganhando cada vez mais espaço no Brasil.

Uma das diferenças entre essa modalidade e o crédito imobiliário tradicional é que no home equity o valor emprestado pode ser utilizado para qualquer finalidade, não sendo necessário determinar um objetivo. Já no financiamento tradicional, o dinheiro precisa ter um destino específico.

Como os riscos de inadimplência são mais baixos, as instituições financeiras podem cobrar juros menores e oferecer prazos maiores.

COMO FUNCIONA?

A pessoa ou empresa procura a instituição financeira e cede a propriedade em seu nome como garantia do empréstimo. Assim, o credor torna-se dono do imóvel por meio de um processo de alienação fiduciária, durante o período em que a dívida existir. O processo comprova a intenção de pagar as parcelas, porque há um bem alienado. Em caso de inadimplência, a instituição financeira pode executar a dívida e o devedor perde o imóvel.

Reforçando que o valor do empréstimo pode ser utilizado para qualquer finalidade.

QUAIS AS PRINCIPAIS VANTAGENS?

  1. JUROS MAIS BAIXOS: por apresentar como garantia um imóvel, os juros costumam ser bem menores do que em um empréstimo tradicional. E pagar menos é sempre melhor, certo?
  2. LIBERDADE PARA O DESTINO DO RECURSO: não é necessário informar a finalidade da utilização do recurso do empréstimo, ou seja, você pode utilizar para quitar outras dívidas com juros maiores, para investir no seu negócio. Enfim, para qualquer propósito.
  3. PRAZOS MAIORES: os prazos de quitação do empréstimo podem ser bem longos, dependendo da empresa e do contrato.
  4. DIREITO DE USO DO IMÓVEL: a propriedade do imóvel fica no nome da instituição financeira, porém o uso continua sendo direito do devedor. Então, dependendo do caso, o imóvel pode até ser locado para terceiros, gerando uma renda no período do empréstimo.

There are no comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart