Economila – Quais assuntos justificam a volatilidade do mercado financeiro no Brasil??

Por: Camila Abdelmalack

Fique de olho!

Reforma tributária ainda não é consenso

Pagamentos dos precatórios em 2022 ameaça o teto de gastos

Auxílio Brasil, o governo vai conseguir lançar a elevação do Bolsa Família no Orçamento de 2022?

Tensões políticas e as eleições de 2022

Reforma tributária ainda não é consenso

A Câmara aprovou a reforma do Imposto de Renda (IR) de pessoas físicas, empresas e investimentos. Foi ampliada a isenção do Imposto de Renda para Pessoas Físicas e reduzida a alíquota para as empresas. Ao mesmo tempo, estabeleceu-se uma alíquota de 15% sobre lucros e dividendos, que, até então, eram isentos.

Agora, vamos acompanhar a discussão no Senado. A preocupação é que o texto seja severamente modificado ou que a discussão não avance.

Pagamentos dos precatórios em 2022 e ameaça do teto de gastos

O mercado monitora qual será a opção para a tratativa dos R$ 89 bilhões em dívidas judiciais do governo federal.

  1. Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para alterar o parcelamento dos precatórios e criar um fundo para pagar a dívida.
  2. Resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) proposto pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, também permitiria um parcelamento e não exigiria toda a mobilização do Congresso.

As discussões podem gerar estresse, pois ambas as alternativas são alvos de riscos econômicos e jurídicos segundo especialistas.

Auxílio Brasil, o governo vai conseguir lançar a elevação do Bolsa Família no Orçamento de 2022?

Essa resposta depende da resolução para os precatórios, que libera espaço no Orçamento do próximo ano, mas também da aprovação da reforma do Imposto de Renda. A modificação do IR seria uma peça importante para o cumprimento da regra da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) que diz que para toda despesa estável é necessária a criação de uma fonte de renda ou corte de despesa, ambos permanentes.

Tensões políticas e as eleições de 2022

O clima político tornou-se mais turbulento à medida que as relações entre os três poderes pioraram. Recentemente, a situação melhorou devido ao gesto conciliador do presidente da República com a Carta à Nação. Os investidores monitoram se a postura mediadora será permanente ou temporária. A leitura é simples: clima político ruim prejudica o ambiente de reformas econômicas e trava a agenda legislativa. A proximidade da eleição em 2022 gera cautela.

There are no comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart