Investimentos – Diversificação além das fronteiras

Por: Cristina Cardoso

Por que investir no exterior? Saiba três motivos principais.

  • Estar exposto a moedas diferentes
  • Aproveitar mercados e empresas mais consolidados
  • Seguir tendências que vão além das fronteiras do Brasil

Legenda

Diversificar globalmente seus investimentos parece ser um bom caminho para proteger o patrimônio e conseguir ganhos reais sobre o capital.

É possível ganhar de diversas formas sem ficar dependente apenas do desempenho da nossa própria economia. E mais: podendo investir em dólar.

Produtos que antes eram acessíveis apenas para os qualificados agora estão ao alcance de todo investidor.

Acesse nosso blog e descubra as opções que atendem o seu perfil e os seus objetivos.

Fundos Internacionais

  • Fundo de Renda Fixa Global: investe em títulos públicos de outros países, podendo se expor a um risco mais elevado com os chamados High-Yield Bonds.
  • Fundo de Ações Global: os mais comuns dessa classe são aqueles com gestão ativa, que podem se posicionar e investir com estratégias mais independentes, e os que se referenciam no S&P 500, e buscam uma rentabilidade colada ao índice que representa o desempenho das maiores ações da Bolsa dos Estados Unidos.
  • Fundo Multimercado Internacional: investe unicamente em estratégias internacionais, com uma alocação balanceada entre fundos de renda fixa, renda variável e multimercados.
  • Fundo Cambial: há fundos disponíveis aqui no Brasil com exposição cambial, isto é, tanto o lucro quanto o prejuízo serão revertidos em dólar.

Como montar uma carteira com fundos internacionais e qual fatia destinar a eles?

Tudo depende do seu perfil de investidor.

  • Iniciante ou conservador, priorizar ativos de baixo risco. Aproximadamente 10% da carteira em renda fixa global.
  • Moderado, buscar equilíbrio entre risco e rentabilidade, mesclando os tipos de fundos de renda fixa (5% da carteira total) e variável (10%).
  • Arrojado, procurar maiores oportunidades em renda variável. Alocando de 8% a 10% em renda fixa global e 10% em renda variável global.

Quando comparamos o Ibovespa ao principal índice das bolsas globais, o MSCI All Countries World Index (MSCI ACWI), notamos que há pouca correlação entre os retornos

Alguns Fundos Internacionais disponíveis

Família Trend (renda variável)

Os fundos Trend foram criados para dar exposição de forma passiva a algum índice do mercado ou ativo em específico.

  • Trend Bolsa Americana
  • Trend Tecnologia
  • Trend Ouro
  • Trend Bolsa Chinesa

Além deles, fundos de gestoras renomadas como Morgan Stanley, Oaktree, Bridgewater, estão disponíveis na nossa plataforma.

Outras opções para investir no exterior

  • Exchange Traded Funds (ETFs)
  • Brazilian Depositary Receipts (BDRs)
  • Certificado de Operações Estruturadas (COE)

There are no comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart