As unidades multifamily, projetadas para serem flexíveis, atendem a diferentes tipos de necessidades.

Por: Cristina Cardoso

O mercado de propriedades multifamily já é absolutamente maduro e consolidado nos EUA. A indústria em si existe há mais de 100 anos e muitos bancos já trabalham nesse mercado. Também existem companhias privadas e públicas totalmente focadas nesse setor. No geral, essas propriedades possuem uma liquidez muito grande, uma vez que moradia é uma necessidade básica, a demanda por aluguel é uma crescente e os retornos são atrativos. Vale lembrar que uma entre oito pessoas nos EUA mora em um imóvel multifamily; o total já ultrapassa 40 milhões de pessoas.

Para se ter uma noção da grandeza, o setor de multifamily possui atualmente 14,5 milhões de unidades distribuídas nas 62 maiores áreas metropolitanas dos EUA. Contribui com mais de US$3.5 bi para a economia americana diariamente (US$1.3 tri ao ano) e emprega mais de 12.3 milhões de trabalhadores.

Dentro dessa classe de ativos denominada multifamily, observamos diferentes tipos e públicos. Alguns exemplos:

  • High-Rise: são encontrados quase que exclusivamente nos centros urbanos americanos e consistem em um grande edifício com mais de cinco andares. Os ativos “arranha-céus” estão mais comumente situados em áreas densamente povoadas, como Nova York e Boston, e a maioria se assemelha aos edifícios brasileiros.
  • Mid-Rise: são normalmente localizados fora dos centros urbanos e com menor densidade populacional. Esses ativos geralmente são prédios com menos de cinco andares.
  • Suburban or Garden Style: são encontrados quase que exclusivamente fora dos centros urbanos, nos subúrbios. Os ativos normalmente incluem mais de dez prédios e têm de 2 a 3 andares por prédio.

Principais vantagens para investir em propriedades multifamily:

  • Baixa volatilidade
  • Atraentes retornos ajustados ao risco
  • Alta demanda e perspectiva demográfica favorável
  • Renda passiva imediata pós-investimento
  • Ambiente regulatório favorável
  • Alto grau de transparência
  • Excelentes opções de financiamentos de propriedades
  • Aluguéis de curto prazo permitem ajuste imediato às condições de mercado

Portugal é o país que apresenta maior potencial na Europa para a expansão deste modelo, e não há dúvida de que irá emergir como “grande aposta” dos investidores nos próximos anos.

O investidor brasileiro tem, certamente, muito a se beneficiar conhecendo mais sobre essa indústria e apostando neste mercado, garantindo maior diversificação no seu próprio portfólio.

Fonte: XPI

Gostou do artigo ? Compartilhe com alguém importante para você !
A Veedha acredita que quem se informa melhor investe melhor e por isso se preocupa em trazer conteúdo de qualidade para você.

Pensando nisso desenvolvemos em parceria com a Xpeed o curso Formação de Investidores, para que você possa explorar todo o potencial dos seus investimentos, quer saber mais?
Clique aqui

There are no comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart