Investimentos – Ouro: uma proteção importante

Por: Cristina Cardoso

O ouro é considerado por muitos um “porto seguro” do mercado financeiro mundial. Em momentos de volatilidade e incerteza, a procura pelo metal cresce bastante. Por isso, comprar ouro acaba sendo uma alternativa para investidores. É o que o mercado financeiro conhece como hedge ou proteção.


Investimentos em ouro podem trazer diversificação à carteira, reserva de valor ao longo do tempo, proteção em cenários de crise e, potencialmente, valorização devido à escassez e às múltiplas utilizações do ativo.
Existem algumas formas de investir em ouro. Dentre elas, destacamos: comprar EFTs de ouro, aplicar em COE ou em fundos que acompanham a variação do ouro na Bolsa.

ETF GOLD11


ETF é a sigla em inglês para Exchange Traded Funds. Esses fundos, de gestão passiva, tendem a replicar índices. O GOLD11 é um ETF da XP que busca replicar a performance do preço do ouro, em dólar, através do iShares Gold Trust, gerido pela BlackRock. Além do baixo custo, as principais vantagens ao investir em um ETF são a facilidade para aplicação, já que são negociados na Bolsa, e o baixo investimento mínimo, pois é possível comprar uma cota no valor de aproximadamente R$ 10,00.

COE


O Certificado de Operações Estruturadas é um investimento que une produtos da renda fixa e da renda variável. É um ativo seguro como ouro, com capital protegido, perda máxima de zero e exposição ilimitada à alta.Vantagens do COE
• Exposição ao ETF, que segue o desempenho do Ouro sem risco cambial.
• Capital protegido em caso de retorno negativo do ativo.
• Possibilidade de mercado secundário após três meses.

Para mais informações: COE OURO Fundos Trend Ouro ou Trend Ouro Dólar

Existem dois tipos de fundos de ouro na nossa plataforma: os que também oscilam com o câmbio e os que ficam expostos somente ao metal, os chamados “hedgeados”.


Como o ouro é operado nos mercados globais, os fundos que investem no metal ficam expostos, da mesma forma, à variação do dólar. Isso pode causar alguma confusão para o investidor quando os dois ativos não caminham na mesma direção. Alguns gestores optam por anular a exposição cambial para ter ouro puro. Os movimentos do metal ficam mais claros e limpos nesse caso. Mas é preciso saber que há um custo para o fundo nesse caso: o gestor precisa montar uma operação de “hedge”, paga pelo fundo. Como fica o retorno nesse caso? O fundo rende a variação do ouro mais o diferencial de juros brasileiros em relação ao americano (o que no passado rendia ganhos fartos, mas hoje nem tanto) menos o custo da operação.

Riscos


É sempre importante ressaltarmos os riscos de investimento em qualquer ativo; com o ouro não é diferente. Os riscos do metal têm relação com a oferta e a demanda no mundo e com o valor da moeda nacional em relação ao dólar. Além disso, é preciso observar as políticas monetárias dos países, os fluxos de importação e exportação do metal, os períodos de sazonalidade e fatores naturais que possam afetar a extração do ouro.
Em relação à compra ou venda do ouro, há também a preocupação quanto ao armazenamento com segurança (no caso do metal físico) ou na gestão dos ativos negociados via BM&F ou
corretora de valores (caso de ETFs, COE e fundos).
A importância da diversificação
Diversificar é uma estratégia simples, comum à maioria dos investidores, que pode fazer a diferença para quem ainda não saiu de investimentos mais conversadores.

Mas, por outro lado, tem como objetivo reduzir riscos de aplicações mais voláteis. Seja você um investidor conservador ou arrojado, o objetivo é sempre o mesmo: ao investir de forma diversificada, é possível diminuir os riscos de perda de dinheiro no caso da desvalorização de algum ativo.
Montar uma carteira variada também é uma boa estratégia para proteger e fazer o dinheiro render mais.

E isso se torna ainda mais necessário em momentos de instabilidade política e econômica aqui no Brasil e pelo mundo. Por isso, o ouro é um instrumento muito benéfico para a diversificação.

Gostou do artigo ? Compartilhe com alguém importante para você !
A Veedha acredita que quem se informa melhor investe melhor e por isso se preocupa em trazer conteúdo de qualidade para você.

Pensando nisso desenvolvemos em parceria com a Xpeed o curso Formação de Investidores, para que você possa explorar todo o potencial dos seus investimentos, quer saber mais?
Clique aqui

There are no comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart