Veedha ESG – ECONOMIA CIRCULAR.

Por: Luiz Fernando Quaglio

A economia circular é um modelo de produção e consumo, que envolve partilha, arrendamento, reaproveitamento, reparação, recondicionamento e reciclagem de materiais e produtos existentes durante o maior tempo possível.

Para além do atual modelo industrial extrativo de coleta e desperdício, uma economia circular visa redefinir o crescimento, com foco em benefícios positivos para toda a sociedade. Implica o deslocamento gradual da atividade econômica do consumo de recursos finitos, e a eliminação dos resíduos, para uma transição em formatos circulares de restauração, baseado em três princípios: Eliminação de resíduos e poluição; Conservação de produtos e materiais em uso; Regeneração de sistemas naturais.

Na prática, isso significa reduzir o desperdício ao mínimo. Quando um produto chega ao fim de sua vida útil, sua matéria será mantida na economia sempre que possível. Ela pode ser usada ​​de forma produtiva repetidas vezes, gerandoassim mais valor. Isso é um afastamento do modelo econômico linear tradicional, que se baseia em um padrão pegar-fazer-consumir-jogar fora. 

Em uma economia circular, a atividade econômica constrói e reconstrói a saúde geral do sistema. O conceito reconhece a importância de a economia precisar funcionar de forma eficaz em todas as escalas – para grandes e pequenas empresas, para organizações e indivíduos, global e localmente – e inclui propostas sobre um design de produto mais sustentável, reduzindo o desperdício e capacitando os consumidores na utilização e consciência reparadora.  O foco específico é levado para setores intensivos em recursos e de larga escala, como eletrônicos e TIC , plásticos , têxteis e construção. Desta forma, o ciclo de vida dos produtos é estendido.

A transição para uma economia circular não significa apenas ajustes que visam reduzir os impactos negativos da economia linear. Em vez disso, representa uma mudança sistêmica que constrói resiliência de longo prazo, gera negócios e oportunidades econômicas e fornece benefícios socioambientais.

Novas tecnologias geram novos formatos para repensar e redesenhar a maneira como produzimos.  Reavaliar o desenvolvimento explora como, por meio de uma mudança de perspectiva, podemos reconfigurar o funcionamento da economia, projetando produtos que podem ser “feitos para serem feitos novamente” e que integram sistemas em toda a cadeia de produção.  Com inovação e criatividade é possível a construção de uma economia restauradora.

Na VEEDHA ESG já é possível investir em empresas e Fundos de Investimentos Sustentáveis que utilizam e avaliam o conceito de economia circular para identificar negócios e oportunidade, gerar rentabilidade e impacto positivo.

Share this post

There are no comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart