“Economila – Reflation Trade”

Por: Camila Abdelmalack

O que significa?

O reflation trade ou “negociações inflacionárias” é um método de negociação que busca lucrar com o aumento dos níveis de preços influenciados pela inflação ou expectativas de inflação futura, gerado com a possibilidade de aquecimento da atividade econômica. 

Normalmente, tendem a envolver ativos expostos a um crescimento econômico mais rápido e que entregarão rendimentos mais elevados numa situação de atividade econômica aquecida e inflação. As ações mais arriscadas tendem a se beneficiar em detrimento dos títulos nominais ou daqueles não protegidos contra a inflação. 

De maneira mais clara, e olhando para a renda variável, são os setores que estavam depreciados ainda pela crise econômica e que poderão recuperar-se diante de uma perspectiva positiva. No que se refere aos títulos públicos, os atrativos são aqueles que são protegidos contra a inflação.

Conceito

As expectativas de inflação aumentaram nos últimos meses. Com as projeções positivas para a economia norte-americana, cresceram as apostas em um ambiente inflacionário nos últimos meses em conjunto com a indicação de que haverá nova rodada de estímulos fiscais pelo governo Joe Biden. Mais dinheiro para a população, aumenta a renda familiar e fortalece a demanda dos consumidores gerando uma pressão. Em conjunto, as commodities seguem apreciando e encarecendo os custos dos produtores. 

Atualmente, a expectativa para a inflação é que fique acima de 2% nos próximos 10 anos. Com a probabilidade de inflação em alta, o rendimento do Tesouro de 10 anos subiu para mais de 1%. As chances de trilhões de dólares em estímulos fiscais e uma maior reabertura econômica estimulada pelo lançamento da vacina seguem impulsionando os movimentos dos mercados acionários. 

Taxas dos Títulos de 10 e 30 anos nos Estados Unidos (%)

Comportamento dos ativos 

As altas nos rendimentos de longo prazo dos títulos públicos pressionam as avaliações das ações. Uma taxa de retorno livre de risco mais alta torna as ações menos atraentes. Entretanto, a inflação geralmente reflete a forte demanda econômica, o que fornece um grande impulso para os ganhos de curto prazo.

No mercado acionário, favorece ações cíclicas e mais sensíveis do ponto de vista econômico. Os setores financeiro, de energia e industrial são beneficiados. Para os bancos, os empréstimos são mais lucrativos quando as taxas de longo prazo são mais altas. A procura por petróleo e outras fontes de energia aumenta durante os períodos de expansão. As indústrias normalmente expandem a produção para atender demandas de infraestrutura dos empresários e de bens duráveis pelos consumidores durante os ciclos de crescimento.

There are no comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart